Carregando...

Usando calça jeans, uma camiseta vermelha dos Ramones, chapéu, óculos escuros, barba e uma tatuagem do submarino amarelo, Diego Goldas monta seu set na Rua Leite de Morais, próximo ao Metrô Santana. Colado ao gradil de um prédio, ele liga o amplificador e começa a tocar os primeiros acordes no seu violão quando é abordado por um funcionário do edifício que regava com uma mangueira as plantas próximas ao mesmo gradil. Ele aconselha Diego a tocar em outro lugar, pois, segundo o funcionário, há muitos doentes idosos no edifício. Diego tenta argumentar, mas o homem estava irredutível. Ao perceber a pequena confusão, o comerciante do outro lado da rua faz um gesto chamando-o e pedindo para que Diego tocasse lá. Ele, por sua vez, desmonta seu set, atravessa a rua, remontando-o rapidamente e recomeça a tocar suas canções. As músicas de Diego Goldas são de uma melancolia sedutora. As letras são construídas de maneira elaborada e se fazem autênticas poesias sonoras sobre a cidade grande e amores perdidos.

Ficha técnica

NOME: Diego Goldas

NATURALIDADE: Rio Grande do Sul

Músicas:

    1- Todo Mundo Quer Dançar
    2- No Meio da Cidade Grande
    3- Mais um Abraço

Influências:

  • Beatles
  • Los Hermanos
  • Cazuza

Mapa

Artista registrado nesse endereço:
Não representa sua atual posição.