Carregando...

Da fila de músicos que se formou na esquina da Avenida Paulista com a Alameda Casa Branca, Marcos Ryan era o primeiro. “Cheguei as nove da manhã para guardar lugar” – disse. Já eram as três horas da tarde. Por ficar em frente a dois restaurantes com varanda, o lugar é um dos mais concorridos de São Paulo. Marcos montou seu set com microfone, violão e caixa de som. Ele usava calça jeans, camiseta, paletó preto e um chapéu fedora, o preferido dos músicos. Perto dele, um palhaço estava sentado na calçada e exibia uma placa dizendo “Palhaço em Greve”. Logo que Marcos começou a cantar as pessoas que estavam no restaurante viraram a cadeira para vê-lo melhor. Uma senhora de cabelos brancos e colar de pérolas pediu mais uma cerveja para acompanhar o show. Marcos começou a cantar um samba homenageando Zumbi dos Palmares. “Por quem tem a pele preta, para sempre será lembrado” – cantou.

Ficha técnica

NOME: Marcos Ryan Ribeiro Lopes

NATURALIDADE: Rio de Janeiro / RJ

INSTRUMENTOS: violão e voz

Músicas:

    1- Preta
    2- Amigo
    3- O Homem das Alagoas

Influências:

  • MPB
  • Caetano Veloso
  • Djavan
  • Gilberto Gil
  • Soul

Mapa

Artista registrado nesse endereço:
Não representa sua atual posição.