Carregando...

Com o violão pendurado nas costas, em cima um de um triciclo “envenenado” e construído com as próprias mãos, Pedro Pina chama atenção. Ele se destaca entre os músicos de rua por andar equipado com caixa de som, customizado com tachinhas e letras coloridas formando seu nome artístico. Usa camiseta sem manga preta com calça cargo marrom, bandana preta de caveira na cabeça, crucifixo de madeira pendurado no peito, grossa aliança dourada na mão esquerda, e uma pulseira preta com o dizer ‘Jesus’ em branco. “Sou cantor de rua, toco na rua porque sou hippie, sou artesão, vim do nordeste, da roça”, conta. Pedro Pina se inspira nas forças da natureza. Compõe canções que falam de céu, de chuva, de luar e de sol. E, canta a noite, sob o céu inesperadamente estrelado da cidade, que oferece tema para uma nova música.

Ficha técnica

NOME: Pedro Pina de Oliveira

Músicas:

    1- Cai Chuva
    2- Céu de Lua Cheia
    3- Um dia de Sol

Influências:

  • Fagner
  • Forró
  • Romance

Mapa

Artista registrado nesse endereço:
Não representa sua atual posição.