Carregando...

Seis integrantes e diversos instrumentos compõem a banda Tutti Amici. Eles saem da estação Conceição do metrô carregando: um baixo acústico, um violino, uma bateria móvel contendo apenas prato e caixa, saxofone, violão e acordeão. Cada um veste camisa de manga curta com cores predominantemente em tons pastéis. Eles falam ao mesmo tempo e parecem não conseguir definir qual o melhor local para se instalar. Após alguma discordância, eles decidem tocar atrás de um ponto de ônibus que desfruta de uma sombra um pouco falha, sem que isso os impeça de se proteger do Sol de verão. No canto da calçada diversos “stands” vendem de tudo, desde roupas e bolsas até acessórios para celular. A montagem dos equipamentos chama a atenção dos lojistas, “O que vocês estão montando aqui? É gravação? É da Globo?” pergunta um deles, “Somos uma banda, vamos tocar aqui!” responde um dos Amici. Uma das lojistas fica tão agradecida que leva para os meninos um banquinho e garrafinhas d’água. Embora tenha forte influência do Leste Europeu, a música da Tutti Amici não perde a brasilidade. A primeira canção executada começa com todos os integrantes falando ao mesmo tempo. Eles emulam uma feira livre e contam a história de um burocrata que aparece para atrapalhar a vida dos cidadãos.

Ficha técnica

INTEGRANTES:

  • Breno Cortez Barros Rangel
  • João Pedro Rossetti Tognomato
  • Juan Lucas Freuk
  • Micael Lazaro Zaramella Guimarães
  • Pedro Augusto Pinto
  • Pedro Salles Tavares Paes

Músicas:

    1- Polca Nostra
    2- Fabiola
    3- Pout Pourri

Influências:

  • Música balkan
  • Klezmer
  • Punk
  • Cumbia
  • A Rocha
  • Forro

Mapa

Artista registrado nesse endereço:
Não representa sua atual posição.